quarta-feira, 25 de agosto de 2010

IRREVERÊNCIA






Tenho um coração irreverente,

de ritmo descompassado e rima rica.



É seu o som de vida,

lhe outorgado há séculos.



Ele só bate forte por aquilo que lhe faz bem.



Rosy Moreira

3 comentários:

Pérola Anjos disse...

sábio coração!

Gostei muito do teu cantinho, lindas palavras!
Voltarei...

Beijos!

Sergio disse...

Sabias que és um dos meus amig@s? Venho agradecer-te por existires e seres um del@s...! Se vais ao meu blog saberás a que me refiro... e se queres levas contigo o regalo que, com muito carinho, está pensado para pessoas como tu...!
Mereces mais..., mas é o melhor que posso dar-te hoje... És um presente para mim... E é o que eu posso oferecer-te, hoje, a ti...

Um abraço.

Sergio

Alma Inquieta disse...

Olá Rosy,

Lindos versos.

Parabéns!

Sigo-te já há algum tempo.
Me encantaria receber-te no meu Estados de Alma.

Um beijo desde Portugal