domingo, 21 de dezembro de 2008

ATRÁS DA JANELA


A vida passa

amores vão

expectativas...ilusões são engavetadas.


Sonhos guardados

ficam para um novo capítulo

próxima página

outro momento oportuno.


As pessoas mais e mais se fecham.


Falta o chão firme

Ficam à espera no parapeito da janela

olhando a vida passar.


Parasitas do destino

alegrias por um fio.


Caminham com pressa.

A vida vai à frente.

Cobaias do tempo e do momento.


Esperam que o novo dia(esse estranho)

venha embalado como presente

nas entrelinhas de horas mal passadas...


Uma ânsia de viver represada na garganta.

Mas a esperança anda em marcha lenta.


Somos seres em busca de terra à vista

náufragos afogados em muitas lágrimas

à procura de um chão...

qualquer coisa firme!


Pois dentro da nossa janela

mora sonha e chora uma esperança

uma nova fresta do tempo

onde alegrias possam bater palmas

...ficar de pé.


Rosy Moreira

Um comentário:

T. Vinoth Kumar disse...

Just a lovely Blog. Frankly I cant understand what you have written there. But it just looks very nice.

I am vinoth from India.