domingo, 16 de maio de 2010

CONSTATAÇÕES





Já acreditei em mim mesma.



Desci do salto,

sentindo na pele

que isso implica em dor e humilhação,

e os sonhos altos demais tornam-se passageiros.



É necessário muita fé

naquilo que não vem dos homens.



Ser resumida outra vez,em  semente,

esquecida no escuro da terra que cobre a vaidade;

guardando-me em abrigo

da atmosfera envolvente do passado.



Ser flor,

talvez,quem sabe,

em uma próxima primavera.



Rosy Moreira

Um comentário:

Carlos Rímolo disse...

Querida Rosy!!
Bela poesia. Adorei "Constatações". Meus parabéns!
Beijos de luz e poéticos em seu coração!

POETA CIGANO -17/05/2010

carlosrimolo.blogspot.com